Crenças limitantes são pensamentos, sejam eles conscientes ou não, que nós aceitamos como verdade absoluta. E esses pensamentos acabam por desacelerar, ou até mesmo interromper o aprendizado de inglês. Há vários tipos de crenças limitantes e elas podem afetar diversas áreas da vida. Uma das formas que podemos trabalhar esses pensamentos, é trabalhando a autoconfiança.

Você já se pegou falando algumas dessas frases?

Como superar essas crenças limitantes?

1- O primeiro passo é entender de onde vem essas crenças e quais são elas. Tire um momento para refletir sobre isso. Faça uma lista com as crenças que você tem sobre você mesmo que estão te impedindo de progredir. Pense em pessoas ou situações que de alguma forma contribuíram para essas crenças.

2- Ao completar sua lista, olhe para cada item como apenas crenças e não como fatos.

3- Agora é a hora de contestar cada uma dessas afirmações. Leia todos os pontos e pergunte a si mesmo(a): por que eu me sinto assim? De onde vem esses pensamentos? Essa crença está me limitando de alguma forma? As outras pessoas me veem dessa forma?

4- Quando você conseguir perceber quais dessas crenças são infundadas, é a hora de ressignificar essas crenças e criar um plano de ação. Quais objetivos você pode criar para poder combater essas afirmações? Crie metas e seja gentil com você mesmo(a). Mudanças levam tempo e não é fácil reverter esses pensamentos.

5- Sempre que você se pegar pensando em uma crença limitante, se esforce para mudar esse pensamento por uma crença fortalecedora. Por exemplo: se você pensar “Não adianta, não consigo fazer isso”, substitua esse pensamento por “Eu não sei fazer isso por enquanto, mas vou procurar uma solução para isso.”.

6- Continue colocando em prática o passo número 5, até que suas crenças fortalecedoras se tornem sua nova verdade absoluta.

Eliminar bloqueios é um processo

Mudanças exigem tempo, paciência e esforço. Iniciar aulas de inglês online pode ser um passo assustador para quem tem bloqueios com a língua, por isso seja paciente e gentil consigo mesmo(a) e continue acreditando em seu potencial.